Entreterimento

(3) Poesia da Semana

Vários monumentos
A pensar no vento
Ignorando quem errou
Não está em nenhum lugar
Algo que nunca aconteceu
Por entre a importância de algo normal

Pedras preciosas na parede de um motel
Brilhando este enfeite um caminho que leva para o céu

Não está em nenhum lugar
Caído insisto
E se tentar pode machucar
Preso no início

Dando importancia pra algo banal
Pedras preciosas na parede vou deixar
Dando importancia pra algo banal
Pedras preciosas na parede vou deixar
Dando importancia pra algo banal
Pedras preciosas na parede vou deixar

Pedras preciosas na parede  de um motel
Pedras preciosas na parede  de um motel

 

( Esta poesia me veio à mente, do mesmo “insight” das areias nebulosas do Vaedmã Acústico (( EP musical )), um aprendizado desvairado dos olhares pelas janelas do carro, a observar monumentos, e quem é passível do erro, em pessoas.)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s