poesia

(31) Poesia da Semana

Todo dia tudo bem tudo vai irmão
Na sintonia de quem vai á algo então
Passa o dia tudo bem tudo vai irmão
Na sintonia de quem vai algo em vão
Todo dia tudo bem tudo vai irmão
Na simpatia de quem vai algo e não

Rotina que aplica
Sete horas da matina
Os homens que enquadrando
Vira a fila do busão
Na condição sem malícia

Quando aperta o elevador já desce para combinar
Se vira homem-lobo
Perde o foco dentro do olhar

Só seguir
Sem correr
Sem olhar
Pode crer

Todo dia tudo bem tudo vai irmão
Na sintonia de quem vai a algo então
Passa o dia tudo bem tudo vai irmão
Na sintonia de quem vai algo em vão
Todo dia tudo bem tudo vai irmão
Na simpatia de quem vai algo e não

Final de semana festas de campana
A fatia da primeira
Da cautela que é suspeita
Mas se os homem vim
Pode enquadra
Entende que aqui só tem flagrante
Na hora de bolar

Rezei pra mil e uma voz
Sem querer
Queria estar a vontade
Com você

Rezei pra mil e uma voz
Sem querer
Queria estar a vontade
Com você

Rezei pra mil e uma voz
Sem querer
Queria estar a vontade
Com você

Só que nada a perder nada a perder
Te ensina o toque
Sem carícia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s