poesia

(24) Poesia da Semana

Esqueço aonde ficar quando vai voltar
A ideia em mente voa
Preso a acelerar um constante gravitar
O som da sonda o espaço
Fica a caminhar e tento observar
No espaço o tempo voa
E se não chuviscar sei que vai chegar
Quando vai voltar?

Quando vai chegar a vida então
Para anunciar nossa união
Será que toda estrela existe só pra nós?
Será que toda estrela existe só pra nós?

E quando fico a me encarar, me perco no olhar
Pra que ir e te sentir se posso respirar
Nunca mais te vi aqui

Quando vai chegar a vida então
Para anunciar nossa união
Será que toda estrela existe só pra nós?
Será que toda estrela existe só pra nós?

poesia

(20) Poesia da Semana

A espera por entre as memórias nunca teve fim
Na maré dos sonhos que não foram iguais
Ainda navego a esmo

Sem andar espero te encontrar
Pra reunir o que não foi feito depois
Com você espero me reencontrar
Pra dividir o que não se faz a sós

Espero te encontrar todo dia o sol brilhar
Um sonho pra viver e buscar
Não vá se convencer que é erro viver o seu pensar
Os passos que houver compartilhar

A espera por entre as memorias nunca teve fim
Na maré dos sonhos que não foram iguais
Ainda navego a esmo

Entreterimento · música · poesia

Novo! Single – Noite De Balada

 

Letra – Noite de Balada

Natureza se armou
A morte nunca retornou
O céu e as nuvens
Voltaram a competir em vão

Noite de balada
Uma bala atravessou o seu pulmão
Sozinhos na estrada
No fim da festa o balão de
São joão , São João

Ele disse assim
Não quero me explicar
Foi de repente que
Começou a cantar

Noite de balada
Uma bala atravessou o seu pulmão
Sozinhos na estrada
No fim da festa o balão de
São joão , São João

Olá seguidores do Pupo! esta música se chama “Noite De Balada”, é com imensa gratidão que anuncio um novo projeto que está quase pronto para lançamento, o álbum Sonoridade Stridameris, fique atento que possivelmente estarei lançando mais conteúdos, de músicas e eventos. Você que está aqui contemplando o ideal, merece mais sonoridades que pertencem ao seu caminho.

Entreterimento · música · poesia

(10) Poesia da Semana

Esqueço aonde ficar quando vai voltar
A ideia em mente voa
Preso a acelerar um constante gravitar
O som da sonda o espaço
Fica a caminhar e tento observar
No espaço o tempo voa
E se não chuviscar sei que vai chegar
Quando vai voltar?

Quando vai chegar a vida então
Para anunciar nossa união
Será que toda estrela existe só pra nós?
Será que toda estrela existe só pra nós?

E quando fico a me encarar, me perco no olhar
Pra que ir e te sentir se posso respirar
Nunca mais te vi aqui

Quando vai chegar a vida então
Para anunciar nossa união
Será que toda estrela existe só pra nós?
Será que toda estrela existe só pra nós?