Artistas Gospel · Castele · Casteli~ · companheira · Stridameris

Trago-nos , uma ‘Poesia’ que virá como Música! Sorte de quem acessou hoje, já terão o Feedback :) – Poesia da Viela

(Você deve estar de noite, cansada(o) , que tal ler esta poesia?)

Fazer o que, buquê,

Joguei palavras na janela,

Voou, voou,  esconda o rosto,

 Esconda o rosto desta Cinderela.

Espelho no chão,

Cata-carvão cravo e canela,

Este mel , este mel,

Um novo amor,

Arco-íris de guerra.

Êee-e

Cacique chamou,

A grana, a cela na favela,

Olha o rojão,

É jogo bom,

E o jogo bom de se ver na tela

Êee-e

Cacique chamou,

A grana, a cela na favela

Perdi o rojão,

É jogo bom,

E o jogo bom de se ver na tela

Obrigado poe ler até aqui! Vou me empenhar em realizar projetos com poesia, fique ligado , TEREMOS NOVIDADES!

, texto direcionado por André Pupo.

almãntra · clínica · companheira · Entreterimento · poesia

3 poesias – a primeira marcada por (@) a segunda por (%) e a terceira por ($) – UM DESAFIO PARA ENTENDER TODAS JUNTAS!

Estou vivendo todo dia * @

Um de cada vez *  @

Eu dormia entre as paredes  * %

No seu quarto de estar * %

Não deixo que a luz acesa * @

Me impeça de dormir * @

Deixe que a vida * %

Separe as nuvens * %

Das que não são de algodão * %

Só quero que alguém cuide de ti * %

Virtude é saber viver * @

Sem ter que provar * @

Na caridosa lembrança do passado * $

Gigantes vão morrer * $

Luz solar diga para alguma estrela * $

Sei que ela vai saber * $

No dia que irradia * @

A luta de ser feliz * @

Vou voar ainda hoje * @

O raio do Sol * @

Reflete no mar * @

Pois te trazem um milhão de rosas * @

E a noite vive na gente * %

Sumário: Poesias e nomes : Almântra , Harmonia de Ser Feliz, Bartolomeu. Todas registradas no nome de André Pupo de Castro. Todas as letras acessívels em https://www.letras.mus.br/br , NOVAMENTE, Obrigado pela Leitura.

(VISITE O MEU CANAL DO YOUTUBE https://www.youtube.com/channel/UC0W_jxbRfk9z1jp62tp37kw )

( OUÇA O ÁUDIO DA ‘Almântra’ : https://www.letras.mus.br/andre-pupo/almantra/ )

Art · Entreterimento · PUPOOFICIAL

Poesia Pupo Autoral do Pupo – nome ; “Pupo e Pequeno”

O pequeno Lumiar…

Este que respira aonde viaja os pensamentos…

Folha mística das tarefas do amanhã…

Devo pensar que estás longe, mas iria deixar-te…

Te amo pela juventude ao seu redor…

Montanhas de cedro revelam o poema solar…

Para os dedos, anéis…

Caminham junto ás mãos…

Na sagrada intenção de não serem percebidos…

Desculpe, salivei… crescerei em fragilidade amanhã.

grunge · mãe · poesia · Pupo Oficial

Nova Hashsegue, Seleção de poesias, em família, Stridameris me leva a trazer o melhor do meu potencial, ESTA É UMA ”Poesia de Lar”.

Me vejo como o queijo na boca do mendigo
O amor é um luta-se o efeito da dor é incolor
O amigo do meu pensamento tem malícias contra o que é mal a você
Idiotizo beeps e baps, e bups, sente-se mais fofo? continue sendo o único
Vibro em consequência de uma esteira de igual pra igual, mais te trago a dúvida do final
Sinto-me Hierarquizado de sentimentos contra a vida, mas adoro tomar água , menos limpa, mas crua
Agachar-se e perdoar o que trouxe a comida é em vão para o cinismo
Mirar sentimentos contra a lua, que não banha minha face nas calçados dos crentes e dos videntes da rua
Priorizar-se de se alistar nas fontes do que é alto, mais possíveis de segurar-me enquanto modifico o que podem pensar qualquer filosofia

Diretoria · música

Amemos , deixemos o alcance natural de ser, compreender o que é o ser de outro alguém!

ESCOPO DE UMA MÚSICA RED SKY SENDO CRIADA.

 

vem a chuva a recitar
molhar os campos dessa gente
da tumba que sai os problemas
juntos concretizar a nossa mente

laralaralara la
laaara

olha que ja vem! 4x

Olha que já vem
Vem em chuvas recitar
Trazer do alto as correntes
Da voz dos que sabem amar
Soltar a mente inteligente

Olha que ja veio
Olha que ja veio

Vem um homem a cantar
Mostrar todos seu presente
Da minha vida a soletrar
Deixei pra traz a estrela-cadente.

 

//-//

 

Continuamos a prosperar em ideal.

Conte a sua versão, uma música da chuva, ou do verão: invehgayoki@gmail.com

 

 

poesia

(35) Poesia da Semana

Céu azul te acordou
Mais um dia
Este é o sinal que te chama
Você nem cochilou
Sábado vem , tudo bem
Sua imagem , seu futuro

Pegou um carro foi a luta
O sereno nem secou
O seu mundo individual

Você está , na mesma escola
Para viver bem
Você está , na mesma escola
Para viver bem

E fez sua amizade com o tempo
Curtiu a rotina de suas horas
Cresceu a voz de querer bem perto
Sua missão que não demora

Você está , na mesma escola
Para viver bem
Você está , na mesma escola
Para viver bem

poesia

(25) Poesia da Semana

Vejo o vento cortando os horizontes
Os que ficam e os que ainda vão voltar
No distante instante de felicidade
Posso me lembrar

A flor da esperança a dor a ferida
A vida cheia de felicidades
A dor de quem dança sem querer dançar
Nos subúrbios da cidade

Suas asas sua liberdade ninguém pode tirar
Tem sempre algum que te atrasará

A flor da esperança a dor a ferida
A vida cheia de felicidades
A dor de quem dança sem querer dançar
Nos subúrbios da cidade