Pupo Oficial

O Pupo, agora com nome de Andril ‘por aí’, revela a música nacional “Coisa de Blé”, um tanto adiantada em forma de Demo.

Tá muito difícil aqui
Tá muito complicado o ouvir
Carimbo no cadarço eu vi
Carícias de viver verão

E fecha desta joça a porta
Quando a chuva nunca vêm na horta

Beije meu pé, mostra a linha da maré
Só pra nós dois

Querida as vezes tenho fome
Nossa vida é essa coisa de balé, de balé

Compositor: André Pupo de Castro

Fonte: https://www.letras.mus.br/andre-pupo/coisa-de-ble/

Ouça nas hashtags importantes! ; #pupo , #pupomúsica , #andril , #andrepupo , #stridameris, #ideal , #oficial , #andrefreelancer , #cantor , #atual

Casteli~ · clínica · Diretoria · Entreterimento

#45 COMPOESIA – ‘Tela em Fotos’ – Após um dia de luta, nada melhor do que conhecer o ‘Stridameris’ rotine; Far away on the box!

(SOAD É BEM SOROCABANO , NÃO ACHA?, estive nos picos desta SoundWave…)

***(DIÁLISES SÃO GRANDES FERRAMENTAS PARA OBTER ÊXITO EM SEUS PROJETOS! – ANOTE/FAÇA O ESCOPO/OBTENHA VIAJEM CRIATIVA PASSADA/ DESTILE SUA IDEIA COM AS DICAS ANTERIORES/ SEJA UM STRIDAFAN, FELIZ em tudo o que faz)*!**

Fotos de André Pupo em Santos-SP-City; ACOMPANHE!

Adoro alguns gigantes de São Paulo! Hash-go!
De frente com o BUS do meio-dia! #Stridameris

GRANDE VISTA DOS NAVIOS, MINHA CARA DE PUPATO E MONTES DE FUNDO
(Hashygo!) RedSkyCranes; Estar livre de sintonias anteriores, o importante é #AGORA!

Bons momentos em Santos; Entrega de cartões Pupo-Oficial! TRIVIAL; Os cartões foram entregues todos em Sorocaba, gosto de lembrar e talvez falar com o Pupato Luiz (presente em lives), sobre criação de de novas;

Casteli~ · Diretoria · Entreterimento · Pupo Oficial

DIALIZES – CONTINUAÇÃO DA VIDA EM PROGRESSO DE CLÍNICA. #novamúsicarsc

UM POEMA, COMO AO OUTRO POST.

A MÚSICA DEIXAR DE SER SONORIDADE, A VIDA DEIXA DE TER GRAÇA, O MAR NÃO VAI AO RIO PELOS OLHOS DO POETA, MAS HÁ AINDA SIM, FORÇAS DE DOR QUE INVADEM SUAS PALETAS DE CORES.

 

(UMA POESIA QUE GOSTO DE ME CONFORTAR , DESTE PARCEIRO BLOG; https://divagacoesgcc.wordpress.com/2018/10/28/quem-e-voce/ ;

 

Não conheço sua história,
Não deu chance para o acaso!
Não deu chance para nós!
Fez promessas e não cumpriu.
Fingiu estar por perto,
Mas não se aproximou!
Não se deixou conhecer.
E no tempo da espera
Ficou espaço para a dúvida!
Afeto se converteu em rancor
E o que era amor em dor…
(GeraldoCunha/2018)

 

 

poesia

(34) Poesia da Semana

Sinto o ar essas ondas sem cor
Está vazia a cidade do amor
Sempre que esteve aqui você nunca pode perceber
A voz de um filho teu

Se você sente dor eu sinto também
O sal sente falta do doce que tem
Um livro de amor podemos errar
Mas nunca podemos sequer apagar

Na cidade do amor trilhamos sozinhos
Para no final se encontrar
Uma voz diz por favor retira os espinhos
Pra poderem se abraçar

poesia

(30) Poesia da Semana

Num sábado era fácil perceber
Que isso iria acontecer
As vidas ceifadas num grande colchão
No meio da praça do canhao

Eu vou mas
Só peça pra ajudar
Quando eles começarem atirar
A vida é só
Seu olhar
Meu amor

E começou discreto na saída da cidade
No mesmo busão que me tirava de lá
Armei a c4 no meio da rua
Os pm chegou começaram a atirar

Num sábado era fácil perceber
Que isso iria acontecer
As vidas ceifadas num grande colchão
No meio da praça do canhão

Eu vou mas
Só peça pra ajudar
Quando eles começarem atirar
A vida é só
Seu olhar
Meu amor